postado em: 01/08/17 as 11:35, atualizado em: 01/08/17


Consumo de energia da sede social da Ameron cai quase pela metade nos últimos 3 anos


Os trabalhos de conscientização com os magistrados que utilizam a sede social da Associação dos Magistrados do Estado de Rondônia (Ameron) e funcionários começam a trazer resultados positivos no que se refere ao consumo de energia elétrica. Nos primeiros seis meses do ano a média de consumo chegou a 6.604 KW/h mensal é quase a metade da média consumida durante o ano de 2014, quando chegou a ser gasto em torno de 10.703 KW/h por mês.

Em 2015, essa média de consumo foi de 10.651 KW/h mensal e no ano passado apresentou a primeira redução significativa com média de 7.776 KW/h por mês. As sucessivas reduções representam em valores correntes uma queda mensal que chega a quase 3 mil reais na conta de energia.

No início do ano a direção da Ameron solicitou com que uma equipe técnica da Eletrobrás Distribuição Rondônia fosse até a sede social para conferir se havia escapamento de energia, na ocasião os técnicos constataram que toda a rede elétrica da associação estava regular. As medidas educativas com os magistrados, o controle para o desligamento de aparelhos e lâmpadas por toda a sede social e as reduções da tarifa de energia, bem como a retirada das bandeiras vermelha e amarela que cobravam taxas extras colaboraram para a drástica redução no valor da conta e no consumo energético.

Nos últimos meses, a Ameron tem intensificado a campanha pelo consumo racional e responsável da energia, incentivando com que os magistrados que utilizam a hotelaria desligassem os aparelhos de ar condicionado quando se ausentassem dos apartamentos e apagassem as luzes durante o dia para aproveitar a iluminação solar ou a noite quando não estivessem mais em alguns ambientes como academia, área da piscina e campo de futebol. A diretoria da Ameron agora estuda estratégias para melhorar os serviços com a finalidade de oferecer mais conforto a quem procura pela sede, sem deixar com que o consumo de energia volte a subir.

Fonte: Assessoria de Comunicação - Ameron

comments powered by Disqus