postado em: 20/11/17 as 08:47, atualizado em: 21/11/17


Nova diretoria do Fonaje conta com 5 magistrados de RO

O Fórum Nacional dos Juizados Especiais ocorreu em Curitiba


Com a segunda maior delegação estadual, os representantes da magistratura de Rondônia no XLII Fórum Nacional dos Juizados Especiais, que ocorreu em Curitiba, de 8 a 10 de novembro de 2017, levaram importante contribuição e acabaram eleitos para integrar sua diretoria. Na comissão executiva externa a juíza Euma Tourinho, na Secretaria-Geral o juiz Guilherme Baldan, na comissão jurisdicional – Juizado Fazendário o juiz Jhonny Clemes, na comissão legislativa o juiz José Torres Ferreira, e na Comissão Institucional o desembargador Raduan Miguel Filho.

Com ótimos resultados, o Fonaje já existe há vinte anos e é composto por magistrados de toda Federação. Desde sua criação o Fórum busca o aprimoramento contínuo e a padronização dos Juizados Especiais. Persegue, ainda, a unificação de entretenimento por meio de enunciados e por ações estratégicas para perenizar as conquistas das leis específicas da área.

No primeiro semestre de 2017, o Fonaje foi acolhido em Porto Velho, contado com a participação de juízes dos 27 estados brasileiros. O destaque da programação foi a participação dos magistrados convidados no barco da justiça itinerante, na comunidade de São Carlos, no Baixo Madeira. Pitoresca, a pequena comunidade amazônica recebeu os magistrados com hospitalidade e muitas demandas para solução. Além de conhecer o trabalho itinerante e pioneiro da Justiça de Rondônia na região, os juízes paulistas, gaúchos e mineiros participaram de audiências de conciliação e vivenciaram a experiência que inverte a lógica do acesso à Justiça, na medida em que proporciona o deslocamento dos serviços judiciários até às pessoas que, normalmente, não teriam condições de chegar até lá. Democracia e cidadania que coadunam à missão do Poder Judiciário de Rondônia.

Fonte: Assessoria de Comunicação - TJRO

comments powered by Disqus