postado em: 20/08/18 as 11:00, atualizado em: 20/08/18


Plantio de mudas marca o Encontro de Presidentes das Associações de Magistrados


A vice-presidente da Associação dos Magistrados do Estado de Rondônia (Ameron), Inês Moreira da Costa, viajou até Campos do Jordão, interior de São Paulo, para participar do Encontro Nacional dos Presidentes de Associações Filiadas à Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) que ocorreu nos dias 17 e 18 de agosto. Na abertura oficial do evento, que realizou-se em uma colônia da Associação Paulista de Magistrados (Apamagis), a juíza rondoniense foi surpreendida com a proposta de plantar mudas de árvores nativas.

Ao todo 33 mudas foram plantadas, a iniciativa partiu do presidente da Apamagis, Fernando Bartoletti, como forma de simbolizar as relações de amizade entre colegas de trabalho, a luta pelas prerrogativas e a união dos mais de 14 mil magistrados espalhados pelo Brasil. “Para que esse encontro não ficasse registrado apenas na fotografia, decidimos plantar essas árvores. Esse lugar será, a partir de hoje, conhecido como bosque da AMB, e trocaremos o A de Associados por Amizade. O bosque da Amizade dos Magistrados Brasileiros. Cada árvore, plantada hoje por magistrados de todos os rincões do Brasil, representa também a diversidade do Judiciário paulista, composto por magistrados de todos os Estados deste País”, discursou emocionado, Bartoletti, antes do plantio.

A vice-presidente da Ameron, Inês Moreira da Costa, acredita que o encontro foi enriquecedor e produtivo, pois, “foi possível debater temas importantes para a magistratura que nesse momento precisa estar unida para enfrentar discussões importantes que têm sido levantadas recentemente. E o plantio de árvores representa, de forma simbólica, essa união da AMB com as demais associações filiadas, em local que ficou denominado Bosque da Amizade: AMB = Amizade Magistrados Brasileiros. Além disso, as árvores são elementos essenciais para o equilíbrio ambiental, nosso e das gerações futuras”, avalia a magistrada que nesse ato representou o presidente da Ameron, desembargador Alexandre Miguel.

As eleições diretas no Poder Judiciário e as questões que envolvem a segurança institucional dos magistrados foram algumas temáticas abordadas durante os dois dias de encontro no interior paulista.

Fonte: Assessoria de Comunicação - Ameron

comments powered by Disqus