postado em: 13/02/19 as 07:52, atualizado em: 13/02/19


Sede da Ameron em Ji-Paraná recebe limpeza geral


primeiro mês de 2019 foi marcado pelos trabalhos de limpeza geral na sede social da Ameron em Ji-Paraná. Entre os dias 17 e 19, três funcionários da Ameron de Porto Velho se deslocaram para o interior na missão de prestar assistência aos serviços de manutenção do espaço.

Os telhados dos apartamentos e da casa do caseiro receberam jatos de água e pinturas que estavam desgastadas pela ação do tempo. O piso de concreto ao redor do salão social e da hotelaria também receberam pinturas.

Os serviços de limpeza incluíram ainda as paredes dos apartamentos. Na ocasião foi aplicado verniz natural em todas as portas de madeira da hotelaria e do salão social, de forma a proporcionar maior conservação e tempo de vida útil.

Quem buscava o agendamento do apartamento 02 se deparava com o sinal analógico de TV, agora quem se hospeda nesse quarto já pode usufruir do sinal digital, isso porque um monitor de TV digital de 20 polegadas foi instalado no apartamento. Outra novidade é a troca da geladeira da cozinha que atende o salão social, pois a antiga gerava alto custo de energia e tinha mais de 20 anos de utilização. Uma geladeira Electrolux 2P defrost com a capacidade de 462 litros de armazenamento passou a substituir a anterior.

Nesses três dias de serviços gerais, a hotelaria, o salão de festas, a casa do caseiro e as caixas para passagem de esgoto tiveram aplicação de veneno contra insetos. E por fim, para melhorar a visibilidade da sede e oferecer mais segurança ao local, a equipe de manutenção podou as árvores ao redor da lagoa. Para a execução das tarefas, a Ameron encaminhou três funcionários até o interior: Alan Acácios e Marcus William acompanharam os serviços gerais e Eletilce Dourado (Dona “Léo”) os serviços de limpeza pesada.

A sede social de Ji-Paraná também deve receber em breve a construção de cercas de proteção que serão instaladas na área frontal e reforçar a segurança do prédio. Também está prevista uma reforma geral na casa do caseiro que não recebe manutenção desde meados de 2005, troca de arame farpado por outro mais moderno e protegido e ainda a tubulação do lago que corta o terreno.

A Ameron ainda solicitou orçamentos para compra de maquinários como; assoprador de folhas e aparador de gramas para facilitar o trabalho. De acordo com o presidente da Ameron, desembargador Alexandre Miguel, os investimentos na infraestrutura da sede no interior foram possíveis mediante a economicidade feita nos últimos anos na sede da capital.



Fonte: Assessoria de Comunicação - Ameron

comments powered by Disqus