postado em: 13/09/19 as 11:30, atualizado em: 13/09/19


Projeto Justiça e Cidadania na Escola entra na reta final para cumprimento de prazos



Encerra nesta sexta-feira (13) o prazo para a entrega dos materiais concorrentes ao Prêmio de Redação do Projeto Justiça e Cidadania na Escola que tem como finalidade levar os conhecimentos acerca do sistema Judiciário aos alunos do 1º ano do Ensino Médio das escolas públicas de 21 comarcas de Rondônia. O prazo que esgotaria no dia 30 de agosto, foi prorrogado em virtude das atividades recreativas, culturais e esportivas previstas no calendário da Secretaria Estadual de Educação.

O tema da redação esse ano é “Justiça e Cidadania também se aprendem na escola: meu conhecimento faz justiça”. Ao todo o projeto mobilizou 64 escolas estaduais – sendo 12 instituições de ensino na capital e 52 no interior, abrangendo mais de 10 mil estudantes.

O concurso prevê prêmios as Escolas, aos professores orientadores e aos estudantes, notebooks para professores, retroprojetor para as escolas e bicicletas para os estudantes, conforme as observações dispostas no edital. A premiação da Categoria Aluno deve acontecer entre os dias 23 e 30 de setembro nas respectivas comarcas. Enquanto que a premiação nas Categorias professor e escola está prevista para o dia 18 de outubro em solenidade que também deverá contemplar os alunos vencedores de Porto Velho.

Nesta sexta-feira (13) também termina o prazo para a avaliação dos Planos de Sensibilização, Mobilização e Orientação das escolas. A partir da próxima semana, os materiais do interior selecionados deverão ser submetidos para a Comissão Julgadora em Porto Velho. A divulgação do resultado na Categoria Escola está prevista para ser lançado até o dia 20 de setembro, enquanto que a Categoria Professor e Escola até 11 de outubro.

O Projeto Justiça e Cidadania é uma realização da Associação dos Magistrados do Estado de Rondônia (Ameron), em parceria com a Escola da Magistratura (Emeron), e conta com o apoio dos Supermercados Irmãos Gonçalves, Ciclo Cairu e Secretaria Estadual de Educação (Seduc).

Acompanhe todos os detalhes no editar aqui e confira o termo aditivo de prorrogação da entrega das redações aqui.

Fonte: Assessoria de Comunicação - Ameron

comments powered by Disqus