postado em: 22/10/19 as 10:00, atualizado em: 25/10/19


Escolas do interior de Rondônia são contempladas com retroprojetor pelo Concurso Justiça e Cidadania


Das 64 instituições de ensino da rede pública do Estado e que participaram do Concurso de Redação “Justiça e Cidadania na Escola”, apenas três foram premiadas com um retroprojetor. São escolas que apresentaram os melhores Planos de Sensibilização, Mobilização e Orientação em torno da divulgação e motivação aos estudantes a participarem do projeto. As três unidades de ensino vencedoras da Categoria Escola são do interior de Rondônia.

A diretora da Escola 28 de Novembro, localizada no município de Ouro Preto do Oeste, agradeceu a oportunidade de inserir os alunos da escola no projeto e também a participação dos estudantes que se engajaram no desenvolvimento das ações. “Fizemos muitas atividades, participamos de palestras envolvendo os alunos, promovemos pit-stop com a distribuição de panfletos, levamos os alunos na rádio da cidade para divulgarmos o projeto e o resultado está aí. Os alunos abraçaram a causa, pois foram muito participativos”, explica a diretora da Escola que ficou em 1º lugar na Categoria.

O diretor da Escola Carlos Drumond de Andrade, Celso Silvério Belchior, viajou 410 quilômetros que separam Presidente Médici de Porto Velho para receber o retroprojetor que será utilizado imediatamente na Escola. A instituição precisou desenvolver atividades criativas para lançar no Plano de Sensibilização, Mobilização e Orientação para alcançar o 3º lugar na Categoria Escola. “Esse projeto nós já conhecíamos desde o ano passado quando participamos e tivemos um aluno vencedor. Assim que fomos convidados a participar novamente, nós mobilizamos os alunos, a equipe de coordenação pedagógica e nossos professores de Língua Portuguesa. Neste período, fizemos visitas ao Fórum, participamos de simulados e audiências, encenamos a simulação de um Júri e envolvemos a comunidade escolar ao realizar uma reunião com os pais que participaram das palestras sobre o tema na escola. Esse prêmio vem coroar esse trabalho que a gente vem desenvolvendo”, destacou.

A Escola Angelina dos Anjos, da cidade de Costa Marques ficou em 2º lugar na Categoria Escola. No período de quatro meses, os professores se tornaram os responsáveis pela abordagem das temáticas propostas e pela ampliação das informações, aproximando-as da realidade dos alunos por meio de exemplos e outras atividades lúdicas e pedagógicas, de demandas que eventualmente surgira no decorrer dos debates e de conversações com os alunos em sala de aula. Para avaliar o Plano de Sensibilização, Mobilização e Orientação da Escola, esses elementos tiveram que ser constados no documento para a avaliação da comissão julgadora, premiando com o retroprojetor multimídia os três melhores planos desenvolvidos.

O Concurso de Redação “Justiça e Cidadania na Escola 2019”, que teve como temática “Justiça e Cidadania também se aprendem na escola: meu conhecimento faz justiça” é uma realização da Associação dos Magistrados do Estado de Rondônia (Ameron), em parceria com a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e Escola da Magistratura (Emeron). O projeto recebeu o apoio da Secretaria Estadual de Educação, Ciclo Cairu e Supermercados Irmãos Gonçalves.

Fonte:

comments powered by Disqus