postado em: 16/12/19 as 08:00, atualizado em: 16/12/19


Ameron estabelece primeiras tratativas de aliança com a nova diretoria da AMB


O presidente da Associação dos Magistrados do Estado de Rondônia (Ameron), desembargador Alexandre Miguel, participou da primeira reunião da nova diretoria da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), ocorrida na tarde desta quinta-feira (12), em Brasília-DF. O magistrado de Rondônia também é membro do Conselho Fiscal da nova administração da entidade nacional que apresentou o planejamento estratégico para o triênio 2020/2022.

O plano de ação apresentado pela AMB tem como prioridade discutir questões remuneratórias, permutas, democratização interna do Poder Judiciário, a utilização da Inteligência Artificial nas esferas jurídicas, a autonomia dos tribunais e a articulação interlocutória com os demais Poderes republicanos.

O encontro também foi marcado para a definição do calendário de reuniões da AMB para 2020 e o planejamento de eventos. O Congresso Brasileiro de Magistrados deve ocorrer em maio de 2021, com sede a ser definida; neste mesmo ano, acontecerá o Encontro de Aposentados e Pensionistas. Quanto ao Encontro Nacional de Juízes Estaduais (Enaje) está programado para acontecer em maio de 2022.

Os participantes também propuseram cursos a serem oferecidos pela Escola Nacional da Magistratura. E por fim, a presidente da AMB, juíza Renata Gil Alcântara Videira, anunciou a criação de novas diretorias com a finalidade de fortalecer os interesses de cada sistema de Justiça. “Temos um compromisso grande, vamos trabalhar substancialmente pela valorização e unidade da Magistratura, pela independência do Judiciário e atuar na defesa das prerrogativas”, afirmou a magistrada.

As novas diretorias criadas pela AMB são: Planejamento Estratégico, Políticas Remuneratórias, Valorização da Magistratura, Grandes Eventos, Novos Magistrados e Permuta, Planejamento Financeiro para Magistrados, Fóruns Nacionais, Conciliação e Mediação; e ainda a coordenadoria de Direito Penal e Processo Penal.

Fonte: Assessoria de Comunicação - Ameron

comments powered by Disqus